Projeto Peixe Livre

Promovido pela Enel Green Power Cachoeira Dourada S/A (ENEL) e coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental (IDESA), com apoio de parceiros públicos e privados, o Projeto Piracanjuba Livre é um piloto do Projeto Paranaíba Vivo.

Este projeto visa, em principio, contribuir com duas estratégias ambientais: resgatar espécies de peixes ameaçadas de extinção na Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba (BHRP) e criar bases para a constituição de um Corredor de Biodiversidade no Rio Piracanjuba.

Inicialmente o projeto está focado na espécie de peixe “piracanjuba”, classificado na lista vermelha do IBAMA, sendo esta a motivação do título Projeto Piracanjuba Livre.

No âmbito do projeto, a escolha pela espécie piracanjuba, deve-se ao fato de que além de ameaçada de extinção, ela também é considerada uma espécie-chave ou “espécie bandeira”, isto é, os esforços que estão sendo empreendidos no seu resgate e preservação contribuirá para que outras espécies sejam também beneficiadas.

Ambas as iniciativas estão sendo desenvolvidas tendo a BHRP como base de atuação e a sub-Bacia Hidrográfica do Rio Piracanjuba e parte do Rio Meia Ponte, como ambiente de maior atenção. A expectativa é que este projeto sirva de apoio para iniciativas similares na região de abrangência da BHRP ou mesmo em outras bacias hidrográficas.

Dentre outros objetivos, este projeto visa adotar estratégias de conservação sinérgicas, combinando um banco genético com tecnologias de Propagação Artificial e Identificação Genética para constituir um banco genético ex-situ do peixe piracanjuba (Brycon orbignyanus), atividade esta que vem sendo realizada pelo Laboratório de biotecnologia e fisiologia em peixes (labfish), da Universidade Federal de Jataí (GO).

Outra vertente do projeto é a sistematização, por meio de geoprocessamento, de informações sobre remanescentes de vegetação nativa, atividade desenvolvida pelo Departamento de Geografia do Câmpus Sudeste da Universidade Estadual de Goiás, Sede Morrinhos. Esta ação visa subsidiar a criação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural – RPPNS e outras categorias de Unidades de Conservação. A constituição do Corredor de Biodiversidade do Rio Piracanjuba (com parte do rio Meia Ponte) é um dos objetivos do projeto.

Ações de conscientização e educação ambiental estão sendo desenvolvidas, sendo a mobilização social e a articulação institucional parte da estratégia de enraizamento e sustentabilidade do projeto durante e após sua consolidação.

Veja/baixe a integra do projeto, clicando aqui