I SIMPÓSIO DE ESTUDOS AMBIENTAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PIRACANJUBA – PARANAÍBA

XIV SEMANA DE GEOGRAFIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS – CÂMPUS SUL – SEDE MORRINHOS

PIRACANJUBA LIVRE – PARANAÍBA VIVO: Estratégias integradas em busca de um ambiente equilibrado em bacia hidrográfica

De 23 a 26/08/2022 (Terça a Sexta-feira)

Local: Auditório Tancredo Neves – UEG/Morrinhos (GO)

Inscrições (gratuitas):

Para inscrição online, clique aqui

Inscrição presencial – Na sala da coordenação do curso de Geografia/UEG/Campus Sul/Morrinhos de segunda a quarta-feira, no período noturno.

Haverá emissão de certificados – 20h

Informações: simposioidesaueg2022@gmail.com
(64) 99202 3294

Realização:

Curso de Geografia (UEG/Câmpus Sul/Morrinhos)

Instituto de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental (IDESA)

Laboratório de Biotecnologia e Fisiologia de Peixes (LABFISH)

1ª CIRCULAR

APRESENTAÇÃO

O I Simpósio Piracanjuba Livre – Paranaíba Vivo e XIV Semana de Geografia da Universidade Estadual de Goiás – Campus Sul – sede Morrinhos: Estratégias integradas em busca de um ambiente equilibrado em bacia hidrográfica é um evento técnico científico, organizado pelo Curso de Geografia/UEG/Morrinhos e pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental (IDESA), promovido em parceria entre IDESA e UEG, por meio do Laboratório de Pesquisa Geotecnológica e Ambiental (LAPGEA). O evento contará ainda com a parceria da Universidade Federal de Jataí (UFJ) por meio do Laboratório de Biotecnologia e Fisiologia de Peixes (LABFISH), bem como, com o apoio da Enel Green Power Cachoeira Dourada S/A.

De forma concomitante, será realizada a XIV Semana de Geografia da UEG/Morrinhos. Evento este, realizado anualmente pelo curso e que, nesta edição, terá como centralidade debater acerca das temáticas socioambientais no geral, com ênfase no Cerrado e nas bacias hidrográficas. Com isso, espera-se ampliar essa reflexão no âmbito do curso e nas demais áreas do Campus, bem como, de outras instituições de ensino superior e áreas afins do projeto. Busca-se ainda estabelecer parcerias e fortalecer o debate com estudantes do Ensino Médio e com a sociedade como um todo.

Assim, a centralidade do Simpósio é refletir acerca dos estudos socioambientais e estratégias integradas em bacias hidrográficas a partir das experiências do Projeto Piracanjuba Livre, da ciência geográfica e demais áreas do conhecimento, assim como das instituições envolvidas com a gestão de bacias. Em específico, busca-se: apresentar os resultados alcançados no âmbito do desenvolvimento do Projeto Piracanjuba Livre Paranaíba Vivo;criar momentos de apresentação e debate com foco na importância dos fragmentos de vegetação nativa para manutenção da qualidade da água, gestão e conservação de bacias hidrográficas; debater os principais desafios relacionados à reprodução e soltura de peixes, com destaque para a espécie Brycon orbignyanus, com ênfase na experiência do Projeto Piracanjuba Livre – Paranaíba Vivo; despertar na comunidade em geral, a necessidade de se buscar um ambiente equilibrado nas bacias hidrográficas, demonstrando que esse equilíbrio depende de uma íntima relação entre a fauna, flora, usos e práticas socioculturais; conhecer os pressupostos da aplicação das geotecnologias como subsídio à gestão ambiental; reconhecer os desafios para o planejamento, gestão e recuperação dos fragmentos de Cerrado e potenciais reconexões; compreender os desafios e ações acerca da geração de energia hidroelétrica e a responsabilidade socioambiental; estabelecer ou redefinir estratégias de gestão ambiental integrada; e, fortalecer a inserção/interação universidade/sociedade.

No que se refere ao Projeto Piracanjuba Livre – Paranaíba Vivo, desenvolvido pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental (IDESA), com apoio da Enel Green Power Cachoeira Dourada e de outros parceiros públicos e privados. Em princípio, visa contribuir com duas estratégias ambientais, sendo: resgatar espécies de peixes ameaçadas de extinção e criar bases para a constituição de um Corredor de Biodiversidade. O projeto está focado na espécie de peixe “piracanjuba” (Brycon orbignyanus), que, conforme o Ministério do Meio Ambiente, encontra-se ameaçada de extinção na natureza. Outra vertente é a sistematização, por meio de geoprocessamento, de informações sobre remanescentes de vegetação nativa, atividade desenvolvida pelo Laboratório de Pesquisa Geotecnológica e Ambiental (LAPGEA). Esta ação visa subsidiar a criação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) e outras categorias de Unidades de Conservação. A constituição do Corredor de Biodiversidade do Rio Piracanjuba (com parte do rio Meia Ponte) também é um dos objetivos do projeto.Ambas as iniciativas estão sendo desenvolvidas tendo a Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba como base de atuação e a sub-Bacia Hidrográfica do Rio Piracanjuba e parte do rio Meia Ponte, como ambiente de maior atenção. A expectativa é que este projeto sirva de apoio para iniciativas similares na região de abrangência da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba ou mesmo em outras bacias hidrográficas. Ações de conscientização e educação ambiental estão sendo desenvolvidas, sendo a mobilização social e a articulação institucional parte da estratégia de enraizamento e sustentabilidade do projeto durante e após a sua consolidação. Partindo dessa premissa, a realização do evento em voga, se justifica primeiramente pela necessidade de apresentar à comunidade científica e à sociedade em geral, os resultados alcançados no decorrer do desenvolvimento do projeto. Segundo, é imperativo criar um espaço e um momento propício para que especialistas das áreas afins possam expor seus conhecimentos e que possam promover o debate com a comunidade acadêmica e profissionais que atuam na defesa e na preservação do meio ambiente, bem como o público em geral, especialmente ribeirinhos e população residente na área de abrangência do projeto. Espera-se ainda contribuir com os estudantes do Ensino Médio nos estudos e reflexões preparatórias para os exames de vestibular.

PROGRAMAÇÃO

  Data  Horário  Atividade
23/08/2022
(terça-feira)
19h00




19h30                      



21h45
Solenidade de Abertura

Mesa de Abertura – A geração de energia hidroelétrica, a responsabilidade socioambiental e as experiências do Projeto Piracanjuba Livre – Paranaíba Vivo: Perspectivas e resultados.   Expositores: Ary Soares dos Santos (IDESA) Mônica Ferreira Rodrigues Machado (LABFISH/UFJ) Janãine Daniela Pimentel Lino Carneiro (UEG/Câmpus Sul/Sede Morrinhos) Renato Adriano Martins (UEG/Câmpus Sul/Sede Morrinhos) Andreia Franco (Enel Green Power Cachoeira Dourada S/A)   Mediadora: Jackeline Silva Alves (UEG/Câmpus Sul/Sede Morrinhos)

Coquetel de Abertura
24/08/2022 (quarta-feira)      19h15Mesa Redonda 1-Geração de energia hidroelétrica: conflitos e possibilidades.  
Expositores:
Marcelo Rodrigues Mendonça (UFG)
Bruno Vicente Marques (Presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do Corumbá/Veríssimo e Porção Goiana do Rio São Marcos)

Mediador:
Bruno Lourenço Siqueira (UEG/Câmpus Sul/Sede Morrinhos)
  25/08/2022
(quinta–feira)
    19h15Mesa Redonda 2 – Cerrado: desafios e estratégias de conservação  

Expositores:
Idelvone Mendes Ferreira (UFCAT) Jorge Velloso (Instituto Água Boa)  

Mediador:
Alik Timóteo de Sousa (UEG/Câmpus Sul/Sede Morrinhos)    
     26/08/2022 (sexta-feira)    19h15Mesa de Encerramento – Impactos das barragens hidrelétricas sobre o meio aquático e potenciais medidas mitigadoras  

Expositores:
Wagner Martins Santana Sampaio (IPEFAN e GeoS Educacional) Maximiliano Bayer (IESA/UFG)

Solenidade de Encerramento:
Ary Soares (IDESA)
Jackeline Silva Alves (UEG/Morrinhos)

Promoção:

Instituto de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental (IDESA)

Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Câmpus Sul/Sede Morrinhos Laboratório de Biotecnologia e Fisiologia de Peixes (LABFISH)



Apoio:

ANAMMA – Goiás

Enel Green Power Cachoeira Dourada S/A

Geoeducacional

IFGoiano

IPEFAN – Instituto de Pesquisa em Fauna Neotropical

SOS Rio Piracanjuba;

Superintendência Municipal de Meio Ambiente de Morrinhos – SMMA Morrinhos

UFJ

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts